Eliana Michaelichen

Translate this Page
ONLINE
3


 

 


Eliana Michaelichen

 

Eliana Michaelichen


 
  • Nome

    Eliana

  • Idade

    37 anos (22/11/1973)

  • Naturalidade

    São Paulo (SP)

  • Signo

    Sagitário

  • Status

    namora João Marcelo Bôscoli

     

De origem humilde, Eliana começou como modelo e foi para grupos como Banana Split. A convite de Silvio Santos, tornou-se apresentadora. Chegou a estudar Psicologia, mas nunca saiu da TV. Depois do SBT, passou pela Record e voltou para o SBT. Foi noiva de Roberto Justus. Casou-se com o chef e apresentador Edu Guedes, mas separou-se três anos depois. Namora o músico e empresário João Marcelo Bôscoli.

 

 

     1  1

   1  1

 

  1  1

 

1

 

 

BIOGRAFIA

 

Apesar de sua origem humilde, filha de pai zelador e mãe copeira, a paulista Eliana Michaelichen Bezerra iniciou sua carreira artística ainda criança, aos oito anos de idade. Depois de insistir para ser matriculada em uma agência de modelos, participou até os 14 anos de desfiles e comerciais. Em 1986, foi aprovada em um teste para integrar uma das formações do grupo musical infanto-juvenil “A patotinha”, do qual também participou a Adriane Galisteu, e onde permaneceu por quatro anos. O trabalho, bem sucedido, abriu as portas para conhecer o apresentador e empresário Gugu Liberato que, em 1990, a convidou para ingressar no grupo de sua empresa: o Banana Split.

Poucos meses depois, Eliana foi convidada por Sílvio Santos no programa “Qual é a música” a comandar um programa infantil. Convite aceito, a loira estreou no SBT em 1991 com a atração“Festôlandia”, contando histórias para crianças. Durante seis anos que permaneceu na emissora, teve seu programa reformulado várias vezes, com diferentes nomes e horários - bem ao estilo deSilvio Santos. Ainda assim, Eliana, que cursou uma faculdade de Psicologia por três anos, conseguiu inovar apostando em uma temática mais educativa e ecológica. Nesta época, gravou o disco “Os dedinhos”, um dos maiores sucessos de sua carreira.

Com a trajetória como apresentadora de programas para crianças consolidada, Eliana passou a buscar mais autonomia: desejava comandar algo que pudesse atingir toda a família. Não chegando a um acordo com Sílvio Santos, encarou o desafio de, em 1998, trocar a emissora com a segunda maior audiência do Brasil, pela Rede Record (na época a terceira colocada do ibope nacional).

Até meados de 2004, Eliana ainda comandava um programa infantil chamado de “Eliana e Alegria”. No ano seguinte, contudo, depois de oito meses fora do ar, o projeto de ampliar a faixa etária de seu público com um programa com atrações para diversas idades finalmente foi concretizado com a estreia do “Tudo é possível”. Era a oportunidade para ela brigar pela audiência das tardes de domingo, competindo com seu antigo chefe e, particularmente, com o concorrente Fausto Silva, da Rede Globo.

Em 2009, mais uma vez com o desejo de ampliar sua grade de telespectadores, Eliana voltou ao SBT. Rumores de que seu salário ultrapassaria largamente o de Hebe Camargo, reduzido no ato da renovação de seu contrato, no mesmo ano, causaram polêmica. Desde então, a apresentadora comanda o “Eliana”. Aproveitando o sucesso na televisão, ampliou seu leque de negócios e se tornou uma das mais bem sucedidas empresárias do ramo do entretenimento brasileiro. São mais de 180 produtos com sua marca, ultrapassando nas vendas nomes como o de Xuxa. Além disso, lançou um bloco de carnaval em Salvador que, desde 2004, reúne cerca de 4 mil foliões anualmente. Atualmente seu principal foco tem sido sua recém-inaugurada editora de livros de arte, a Master Books.

 

 

CARREIRA

 

Eliana construiu com paciência uma sólida carreira como apresentadora infantil, dedicando-se por mais de dez anos. O grande sucesso do disco “Os dedinhos”, 1993, a incluiu de forma permanente no grupo das maiores apresentadoras de atrações para crianças. Em 2005, na Record, o programa“Tudo é possível” ampliou seu público e elevou ao patamar de única apresentadora mulher das tardes de domingo, concorrendo com gigantes do entretenimento televisivo brasileiro Faustão e Gugu Liberato. Retornou ao SBT em 2009, para continuar na briga pelo ibope dos domingos, com um dos maiores salários da TV brasileira.

Televisão

1991: “Festôlandia” (SBT)
1992: “Sessão Desenho” (SBT)
1993: “Bom Dia & Cia” (SBT)
1994: "Eliana & Cia" (SBT)
1996: “TV Animal” (SBT)
1998: “Eliana & Alegria” (Rede Record)
1999: “Eliana no parque” (Rede Record)
2003: “Fábrica Maluca” (Rede Record)
2004: “Programa da Eliana” (Rede Record)
2005: “Tudo é possível” (Rede Record)
2009: “Eliana” (SBT)

Cinema

2005: “Eliana e o Segredo dos Golfinhos”

Discografia

1993: “Os Dedinhos”
1994: “Eliana”
1995: “Eliana”
1996: “Eliana”
1997: “Eliana”
1998: “Eliana - Um Mundo de Alegria”
1999: “Primavera”
2000: “Eliana”
2001: “Eliana”
2002: “É dez”
2003: “Festa”
2004: “Diga Sim”

Coletâneas

1999: “Eliana: os maiores sucessos”
2000: “Eliana Focus: o essencial de Eliana”

2001: “Eliana 100 Anos De Música”
2006: “Eliana Maxximun”
2006: “Eliana 15 Anos”

Singles

1993: “Os Dedinhos” e “Amiga”
1994: “Pop Pop” e “Tentação”
1995: “Olha O Passarinho”
1996: “A Dança Dos Bichos” e “Frutanimais”
1997: “Xô Preguiça” e “Beijomania”
1998: “Amigo Cão” e “Dia De Alegria”
1999: “Primavera”
2000: “A Força Do Mestre”
2000: “A Força Do Raio”
2000: “Brincar Com Chiquinho”
2001: “A Galinha Magricela”, “O Elefante e a Formiguinha” e “Um Mundo Ideal” (comAlexandre Pires)
2002: “Dona Felicidade”, “Pula Corda” e “Ai Meu Nariz”
2003: “É Tão Lindo”, “Meu Cachorrinho (Chihuahua)” e “Fábrica Maluca”
2004: “Um, Dois, Três”
2005: “Diga Sim”
2006: “Muvuca”
2007: “Essa Ternura” (para a novela Luz do Sol da Record)
2009: “Tempo De Mudar” (com Maisa)

Livros

2005: "Os Segredos dos Golfinhos"
2006: "Os Segredos do Pantanal"

Prêmios

2000: Indicação ao Grammy Latino na categoria Melhor Álbum Infantil por “Primavera”
2003: Prêmio Tim de Música Brasileira de Melhor Álbum Infantil por “É Dez”
2004: Troféu Imprensa de Melhor Programa Infantil por “Fábrica Maluca”
2008: Personalidade do Ano na Televisão, distinção promovida pela Editora Três (Istoé, Istoé Gentee Istoé Dinheiro).
2009: Troféu Internet 2009 de Melhor apresentadora/animadora do ano de 2008